COMO ACONTECE O TRATAMENTO PSICANALÍTICO


O tratamento psicanalítico se estrutura na palavra, ou seja, na análise é o momento em que o indivíduo fala de seus afetos. Afeto no sentido falar do que lhe afeta.

Esse movimento da fala é observado pelo analista com uma escuta específica. O analista quer saber o que está sendo dito naquilo que é falado livremente.

Ao falar, o indivíduo "corre o risco" de perceber-se mais naquilo que fala. O ato de análise, além de ser um ato de escuta analítica, também é um movimento de auto escuta do próprio analisante.

Portanto fazer análise é um fenômeno de dupla escuta: a escuta análitica do analista que procura ouvir para além do que está sendo falado e a escuta daquele que fala.

Ao falar sobre a sua própria biografia, ocorre um reposicionamento da própria história.

Essa escuta analítica tem como um dos principais "nortes" a escuta sem julgamento, pois é na autorização de liberdade do analista, que o inconsciente barrado pela moral do analisante pode surgir mais livremente.

O conteúdo que era barrado na consciência e causava sofrimento por estar inconsciente, ressurge pela autorização da fala livre, e ao vir à consciência diminui a tensão do recalque e traz uma nova condução da própria vida.

Posts em Destaque 
Posts Recentes 
Arquivos
Pesquisa por Tags 
Sigam-nos
  • Facebook Basic Square
  • Instagram ícone social
  • Twitter Basic Square

© 2017 por P@t Estúdio

Todos os Direitos Reservados

Pat logo5.png