ID, EGO E SUPEREGO

 

 

 

As três grandes estruturas do psiquismo: Id, Ego e Superego.

 

Freud desenvolveu ao longo de sua obra duas grandes tópicas.

 

A primeira é a ideia de que a subjetividade humana tem lugares, inconsciente, pré-consciente e consciente. Essa era a tópica topográfica.

 

Após a primeira tópica surge em sua consequência a segunda tópica, que agora contempla as lacunas da primeira tópica. Surge então a tópica estrutural.

 

A segunda tópica fala sobre o Id, Ego e Superego.

 

A necessidade da “criação” da segunda tópica se deu a partir da necessidade do entendimento das lacunas causadas pelas compreensão do psiquismo apenas pela primeira tópica.

 

O Id, Isso (alemão) é o inominável. É aquilo que eu não consigo dar nome mas que estrutural a minha existência. É a usina de desejos do indivíduo. Podemos atrelar o Isso ao campo pulsional, o campo desejante, o campo do querer. É a estrutura que nasce no indivíduo.

 

A partir do Id o indivíduo irá estruturar o seu aparelho psíquico, ou seja, estruturar o seu ego e seu Superego.

 

O Ego é o apêndice criado para que o indivíduo tenha a capacidade de lidar com a realidade exterior, já que o Id não tem interesse nisso. O Ego tem por “ofício” gerenciar os conflitos entre a demanda interna e a demanda externa.

 

O Ego é a ideia de si, que o indivíduo desenvolve, a partir do que apreende do ambiente e assim ele possa lidar com as frustrações que o ambiente irá prover ao Id. A criança busca domá-los de fora, ou seja, no ambiente externo, o material necessário para a criação de seu ego.

O Ego é o outro no Eu (Lacan).

 

Já o Superego surge a partir da necessidade de auxiliar o Ego na estruturação psíquica do indivíduo.

 

Diante de um ego ainda muito incipiente e frágil, é criado um apêndice energético para auxiliar a gerência dos conflitos que já existem entre Id e Ego. É então que o Superego irá criar o Ideal do Eu, uma ideia ainda mais “perfeita” de si, aquilo que a criança entendeu ser necessário para ser aceita e amada. Esse ideal do eu irá estruturar as questões morais.

 

Id - pulsão desejante

Ego - gerente entre demanda interna e externa

Superego - auxiliar do ego composto de ideias e morais que funcionarão como juiz e repressor de demandas do Id.




 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts em Destaque 

O QUE É PSICANÁLISE

February 20, 2018

1/1
Please reload

Posts Recentes 

December 11, 2018

July 12, 2018

Please reload

Arquivos
Please reload

Pesquisa por Tags 
Please reload

Sigam-nos
  • Facebook Basic Square
  • Instagram ícone social
  • Twitter Basic Square

© 2017 por P@t Estúdio

Todos os Direitos Reservados

Pat logo5.png