PRIMEIRA DESCOBERTA FREUDIANA


Síntese elaborada pelo psicanalista alemão Eric Fromm:

1 - A irracionalidade do homem: O homem é em grande medida determinado por pulsões essencialmente irracionais que se opõe a sua razão, regras morais e normas sociais.

O homem é um grande conflito entre sua racionalidade e sua irracionalidade, orientado, empurrado por pulsões, desejos, que o orientam em sentido de sua irracionalidade. Irracionalidade essa que é barrado sua parte racional que encontra alicerçada nas normas barreiras sociais e morais. Freud enxerga o ser humano como um homem dividido, em conflito entre desejo e deveres.

O que move o homem é o despropósito representado pelo desejo irracional. A falta de lógica existencial coloca o ser humano em conflito e esse conflito arremessa o ser humano em um profundo desconforto, uma angústia que se apresenta mediante a ausência do propósito de existir. E a razão, a lógica é a maneira que o ser humano encontrou de se defender dessa angústia, desse vazio de propósito.

Então a primeira descoberta é que o homem freudiano é um homem em conflito entre a racionalidade e a irracionalidade.

Posts em Destaque 
Posts Recentes 
Arquivos
Pesquisa por Tags 
Sigam-nos
  • Facebook Basic Square
  • Instagram ícone social
  • Twitter Basic Square

© 2017 por P@t Estúdio

Todos os Direitos Reservados

Pat logo5.png