O QUE É PSICANÁLISE

Neurose é afeto não verbalizado.

Muito se fala sobre psicanálise e o nosso objetivo é simplificar sem tornar simplista o conhecimento dessa teoria.

Pra entender a psicanálise, precisamos voltar no tempo e entender o seu surgimento, através do Dr. Sigmund Freud.

Século XIX, a histeria dominava as patologias da época e Freud, inconformado com o tratamento dado à essas histéricas, quem eram colocadas em manicômios e tratadas como loucas e mentirosas, sentia impulsionado a buscar uma cura que levasse em conta o ser humano como indivíduo, dotado de subjetividade.

Ao olhar para o indivíduo, Freud percebe que o ser humano é dotado de consciente e inconsciente e a grande revolução freudiana é perceber que o conteúdo inconsciente incide diretamente na vida do indivíduo, mesmo ele não tendo consciência disso.

Significa dizer que falar de psicanálise é falar de inconsciente e saber que a psicanálise tem como objetivo, tornar o inconsciente em consciente.

Na observação da histeria, Freud pôde constatar que essa patologia surge de um conteúdo recalcado, reprimido, não percebido, que tem altíssima potência de atuação nos sintomas do indivíduo

A revolução freudiana é dar palavra ao sofredor. Para explorar o inconsciente, a psicanálise abandona e sugestão do terapeuta e dá a palavra ao analisando, surgindo daí o método de tratamento conhecido como associação livre de ideais.

É a partir da associação livre que o inconsciente começa a se apresentar como um saber sabido, porém ignorado. E é justamente esse ignorar que gera os sintomas e as dores emocionais do indivíduo. Basicamente o ser humano sofre daquilo que não fala.

Neurose é afeto não verbalizado.

Não há análise sem confissão de sofrimento.

Ao dar a palavra ao sofredor, Freud teve a oportunidade de criar uma metapsicologia, a análise da psiquê. E a partir desse sistema de pensamento se estruturou uma modalidade de conhecimento a ser transmitido.

A psicanálise é uma prática alicerçada em uma teoria que se constituiu da experiência clínica, ou seja, a teoria surgiu a partir de uma experiência clínica. Psicanálise não é filosofia. Houve uma experiência clínica que produziu um determinado saber.

A psicanálise é um método de tratamento de transtornos emocionais a partir de um "local" conhecido como inconsciente. Um método de tratamento que leva em consideração aquilo que o indivíduo não sabe de si. O indivíduo sofre daquilo que não sabe de si mesmo.

O inconsciente está ligado a um conteúdo que o indivíduo não aceita falar sobre e nem pensar sobre.

Quando Freud afirma: "você é o que você não pensa", ele afirma que o indivíduo é constituído principalmente daquilo que ele não conhece ou reconhece.

Por conta do recalque e da repressão, o inconsciente é efeito daquilo que é retirado da consciência como um método defensivo. Tudo o que incomoda tende a ser retirado da consciência. Significa que para não sofrer, o indivíduo opera defesas.

O conteúdo é impedido de ascender a consciência, chamamos de repressão.

Tudo o que é reprimido causa tensão.

O inconsciente se revela no ato que ultrapassa o indivíduo em seu próprio discurso, ou seja, numa sessão de análise o indivíduo fala daquilo que não sabe de si.

Portanto fazer análise, tem como objetivo tornar consciente o inconsciente, com o objetivo de aliviar sintomas.

Posts em Destaque 
Posts Recentes 
Arquivos
Pesquisa por Tags 
Sigam-nos
  • Facebook Basic Square
  • Instagram ícone social
  • Twitter Basic Square

© 2017 por P@t Estúdio

Todos os Direitos Reservados

Pat logo5.png